Vigilante atira em cão que brincava com a família em Bento Gonçalves.

Vigilante atira em cão que brincava com a família

O fato ocorreu nessa manhã de domingo (20), no bairro Universitário.

De acordo com informações do proprietário da cadela chamada Vick, uma labradora de três anos de idade, a família estava passeando no local quando um vigilante atirou contra o animal.

Por volta das 10h30min, a cadela, que é de porte médio, brincava em um lago quando o segurança foi em sua direção. Vick teria ido cheirar o homem que, neste momento, desferiu um disparo de arma de fogo que atingiu uma das patas do cão.

O tutor de Vick, Ricardo Aronso, lamentou a atitude isolada do segurança e procurou à Polícia Civil para registrar o fato.

O adestrador, Rafael Geremia, estava passeando com os cães e um casal de amigos quando ouviu um disparo.

“Estávamos passeando com nossos cães e com um casal de amigos quando ouvimos um disparo de arma de fogo, mas não demos muita bola.

Passaram alguns minutos e um rapaz, que é meu amigo, veio desesperado pedindo ajuda. Relatou que havia um casal brincando com um labrador dentro da açude onde o guarda foi abordar esse casal.

Nesse momento o cão se aproximou do vigilante para cheirar e ele disparou. Tinha passado minutos antes por eles. Várias pessoas paravam para ver o cão pegar o pauzinho na água”, diz.

Geremia reforça que acionou a Brigada Militar (BM) e pediu auxílio de um veterinário.

O tiro atingiu o tornozelo do cão, aí foi onde acionamos a polícia e o veterinário para prestar os primeiros socorros. Jacob (veterinário) chegou bem rápido, imobilizamos a pata e logo o cão foi levado para a clínica”, conclui.

Também a advogada Ivanete Moreira também presenciou o fato. Segundo ela, todos que estavam no local ficaram chocados.

“O cachorro pegava um pedaço de madeira, entregava na mão do dono e ficava olhando para que ele atirasse na água… e lá ia ele bem tranquilo nadando.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *