Mais um vítima de troca de imagens sensuais e registrada em Carlos Barbosa

Nos últimos dias, duas ocorrências de extorsão foram registradas na Delegacia de Polícia. Em ambos os casos, dois homens teriam aceitado solicitação de amizade de meninas, na rede social Facebook e trocado com elas, vídeos e fotografias de cunho íntimo, sendo que depois disso, passaram a ser chantageados por supostos genitores das meninas, sob alegação de que estariam praticando crime de pedofilia, pois elas seriam menores de idade, já que, em ambos os casos teriam entre 11 e 12 anos.

Em um dos registros inclusive, a suposta mãe da menina chega a mandar um áudio informando que a filha estaria desaparecida e acusando o morador da cidade de ter sequestrado a menina e informando que o fato teria sido registrado em um órgão policial da capital. Já no outro registro, houve a tentativa de extorquir um valor de 5 mil reais do morador da cidade, o que não se concretizou devido ao fato dele não dispor do valor.

A Polícia alerta para o crescimento no número de casos que principalmente ocorrem por desinformação, falta de atenção e precaução dos usuários de redes sociais, que estabelecem vínculos de amizade, inclusive com envio de imagens e vídeos íntimos para desconhecidos, material este que fica de posse de criminosos, os quais podem ainda vir a fazer a publicação destes conteúdos, o que poderá acarretar na exposição pública das vítimas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *