Presidente Jair Bolsonaro chega à Bento Gonçalves para participar da Cúpula do Mercosul

Durante o encontro, Brasil passará ao Paraguai a presidência rotativa do bloco

O presidente da República, Jair Bolsonaro, chegou à Bento Gonçalves sob um forte aparato de segurança para a 55ª Cúpula do Mercosul, no Vale dos Vinhedos, que ocorre nesta quinta-feira, 5 de dezembro. Antes de se deslocar para a sede do evento, Bolsonaro foi à sede do Comando da Polícia Rodoviária Federal (PRF), prestigiar a inauguração da nova sede da 6ª Delegacia da PRF do Rio Grande do Sul, na BR-470, onde se encontrou com representantes da corporação, além de lideranças políticas e empresariais da cidade e da região.

Em seguida, o presidente parou para abraçar eleitores no roteiro em direção ao Spa do Vinho. Ao chegar no local da Cúpula, Bolsonaro não falou com a imprensa e apenas acenou aos repórteres que o aguardavam para responder às perguntas dos jornalistas. Com ele, estavam os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, Economia, Paulo Guedes, Agricultura, Tereza Cristina, Saúde, Luiz Henrique Mandetta, Desenvolvimento Social, Osmar Terra, Relações Exteriores, Ernesto Araújo, além do porta-voz do governo, Otávio Rego Barros.

Participam do evento também os presidentes Maurício Macri (Argentina) e Mario Abdo Benítez (Paraguai), além da vice-presidente Lucía Topolansky (Uruguai). Além dos quatro chefes de Estado, a Cúpula receberá representantes do Peru, Colômbia, Equador e da Bolívia, um dos mais antigos estados associados do Mercosul. A Venezuela encontra-se com seus direitos e obrigações suspensos.

No início da tarde, por volta das 12h30min, ocorre a cerimônia de assinatura de Atos do presidente Bolsonaro. Logo após, os chefes de delegação da Cúpula participam da fotografia oficial do encontro e, na sequência, ocorre o plantio das Vinhas do Mercosul, nos Vinhedos do Lote 41, no Spa do Vinho. Em seguida, um almoço em homenagem aos chefes de delegação será oferecido pelo presidente Bolsonaro.

O governador do Estado, Eduardo Leite, deve comparecer ao evento para acompanhar o pronunciamento de Bolsonaro, sobre os investimentos na área da saúde no Rio Grande do Sul, que deverá ocorrer por volta das 14h45min.

O que poderá ser firmado na Cúpula

Entre discursos e posicionamentos, alguns acordos que estão finalizados poderão ser firmados entre os países do Mercosul. Confira:

  • Acordo para a Proteção Mútua de Indicações Geográficas dos Estados Partes do Mercosul;
  • Acordo de Alcance Parcial para a Facilitação do Transporte de Produtos Perigosos;
  • Acordo de Administração Fiduciária Mercosul-Fonplata;
  • Acordo sobre localidades fronteiriças vinculadas – saúde, transporte, identidade;
  • Acordo sobre reconhecimento recíproco de Assinaturas Digitais;
  • Novo Anexo sobre Serviços Financeiros do Protocolo de Montevidéu sobre Comércio de Serviços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *