Seguro DPVAT poderá ser extinto em 2020

Governo Federal estuda a possibilidade de eliminar a taxa; valor arrecadado oferece a vítimas de acidentes de trânsito indenização em caso de morte e invalidez permanente ou reembolso de despesas médicas e hospitalares

O seguro DPVAT poderá ser extinto a partir do ano que vem. Uma proposta que acaba com a taxa teria validade a partir do dia 1º de janeiro. Uma proposta sobre o assunto foi encaminhada pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), enviada ao Ministério da Economia.

A ideia de extinguir o seguro que indeniza vítimas de acidentes de trânsito poderá ocorrer através de uma Medida Provisória (MP). O ministro Paulo Guedes confirmou a possibilidade. O pagamento do seguro DPVAT é obrigatório para todos os proprietários de veículos e é anual, feito junto com o IPVA.

Para cobrir as indenizações do seguro até 2026 por acidentes ocorridos até o fim deste ano, a seguradora Líder repassaria ao Tesouro R$ 1,25 bilhão em cada um dos próximos três anos. Isso aconteceria por intermédio da Susep.

Atualmente, o valor arrecadado pela União anualmente por meio do seguro é de aproximadamente R$ 2,3 bilhões. Deste valor, 45% é repassado ao Sistema Único de Saúde (SUS) e 5% ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *